Técnica: Triumph Bobber Black

A Bonneville Bobber tem sido um sucesso esmagador para a Triumph, com vendas que surpreender mesmo a marca. Aproveitando este interesse do mercado a marca britânica apresentou a nova versão Black em Milão.

646

Após o grande sucesso com o lançamento da Bobber a Triumph dá seguimento ao desenvolvimento da linha, juntando uma nova versão, a Black. Esta é uma Bobber com um carácter mais vincado e uma posição de condução mais agressiva. A imagem está bem mais musculada com as alterações na frente, que apresenta agora uma forquilha que passou a ter bainhas bem mais generosas, de 47 mm, e roda de 16 polegadas, com um pneu de perfil alto, bastante volumoso. A base mecânica é a apresentada no ano passado com a Boober original, onde o biciclíndrico High Torque de 1200 cc foi montado numa estrutura que procura replicar a imagem do movimento pós grande guerra baseado em motos “hard-tail” aligeiradas para serem mais performantes, as bobber.

  FICHA TÉCNICA

MOTOR E TRANSMISSÃO

Tipo Refrigeração por líquido, 8 válvulas, SOHC, ignição 270°, dois cilindros paralelos
Cilindrada 1200 cc
Diâmetro/Curso 97,6 / 80 mm
Compressão 10,0:1
Potência máxima 77 CV @ 6.100 rpm
Binário máximo 106 Nm @ 4.000 rpm
Alimentação Injecção sequencial multiponto
Escape Sistema de escape 2 em 2 de dupla capa inoxidável polido com escapes em aço inoxidável polido.
Transmissão Final Corrente
Embraiagem Embraiagem assistida multiprato
Caixa de velocidades 6 velocidades

CICLÍSTICA

Quadro Berço em aço de estrutura tubular
Braço oscilante Estrutura tubular de duplo braço em aço
Roda dianteira Raiada, 32 raios 16 x 2,5 polegadas
Roda traseira Raiada, 32 raios 16 x 3,5 polegadas
Pneu dianteiro 130/90-16
Pneu traseiro 150/80-16
Suspensão dianteira Forquilha KYB de 47 mm, curso de 90 mm
Suspensão traseira Monoamortecedor com 77mm de curso da roda traseira
Travão dianteiro Dois discos de 310 mm, pinça Brembo de 2 pistões, ABS
Travão traseiro Disco de 255 mm, pinça de simples pistão Nissin, ABS

PESO E DIMENSÕES

Largura do guiador 760 mm
Altura 1025 mm
Altura do assento 690 mm
Distância entre eixos 1510 mm
Inclinação 25,8º
Avanço 87,9 mm
Peso a seco 237,5kg
Capacidade do depósito 9 l

A traseira da Black mantém o aspecto simples e ligeiro apresentado com a Bobber e a construção mantém o cuidado colocado em todos os detalhes. Aqui a grande diferença vai para o acabamento a negro de muitos dos elementos, como os escapes, comandos, tampas de motor e muitos outros detalhes que se podem ver nas fotos. As especificações são de bom nível como o comprovam os travões Brembo com discos de 310 mm, as forquilhas Showa de 47 mm com um curso de 90 mm e o elegante mono-amortecedor traseiro, escondido para dar a ilusão de ausência de suspensão traseira. O assento fica colocado a 690 mm do chão o que garante um superior nível de confiança na condução.

O coração da Bonneville Bobber Black é o incomparável motor Bonneville 1200 cc “High-Torque” de 8 válvulas, refrigerado por líquido, que produz 57 cavalos às 6100 rpm e um binário máximo de 106 Nm às 4000 rpm. A Bonneville Bobber Black possui um vasto pacote de tecnologias voltadas para o motociclista, discretamente integrada para não interferir com a sua silhueta Bobber muito clássica que é tão marcante. O desenho da óptica dianteira, com LED de iluminação diurna e o padrão de desenho que tem marcado a linha Bonneville, garante a personalidade marcada desta Bobber Black. Entre o equipamento destaca-se o Cruise Control de série, que por certo garante um conforto extra na viagens mais longas, os modos de motor, o controlo de tracção e o ABS.

O preço da Bonneville Bobber Black ainda não é conhecido, mas não deverá ficar muito afastado dos 12.900 euros da Bobber original. A manutenção faz-se em intervalos de 16000 km e esta versão “escura” deverá chegar ao mercado português entre Janeiro e Fevereiro de 2018.