The Mescalero por Roland Sands

114

Inspirada numa chopper com base numa Indian Chief que o pai construiu nos anos setenta e que baptizou de Peyote Puffer, Roland Sands agarrou num motor V-Twin 111″ Indian e criou a “The Mescalero”.

Não se trata de uma mera reinterpretação saudosa em memória da construção do pai, pois tendo sido um piloto, Roland Sands deixou que essa veia transparecesse nesta chopper, o que não deixa de ser original: uma chopper com alma de competição.

A mistura entre reluzentes cromados e peças escovadas de tom cobre e ar envelhecido dão-lhe uma estética ímpar e quando olhamos para as jantes, então percebemos que esta chopper é bem capaz de ter a faca nos dentes.

Um banco “trono” proeminente reforça a griffe das choppers dos anos setenta e tem a assinatura da Bitchin Seat Company. O quadro foi construído integralmente na RSD (Roland Sands Designs) e a suspensão dianteira inspirada nas soluções estilo springer conta com um amortecedor Ohlisn feito por medida. Aparentando não ter óptica dianteira, o que mantém as suas linhas limpas na frente, a Mescalero tem no entanto um conjunto de soluções LED que garantem a iluminação.

A caixa de velocidades tem um comando estilo jocky shift (colocado atrás do banco do lado esquerdo) desenhado e construído pela Aaron Boss.

Com a Mescalero a brilhar em todo o seu esplendor, Roland Sands refere que “sempre curti a moto do meu pai e esta foi a primeira oportunidade que tive de construir algo inspirado nela. Obviamente que o resultado final é completamente diferente e o seu carácter também. Esta mtoo é uma road bomber destinada a andar depressa a direito com a nossa companheira atrás. A Peyote Puffer era um bocado mais agressiva”.