Testes Superbike em Portimão: Rea o mais rápido

Os pilotos do Mundial de Superbike realizaram dois dias de testes no circuito de Portimão.

120
Jonathan Rea

Os pilotos do Mundial de Superbike passaram dois dias no Autódromo Internacional do Algarve em preparação para a temporada cujo início se aproxima.

O campeão Jonathan Rea foi o mais rápido em ambos os dias; o vento que se levantou no segundo levou a que alguns pilotos realizassem os melhores tempos no primeiro, levando mesmo a algumas alterações nos programas de trabalho.

«Hoje foi realmente um dia difícil com estas condições, muito ventoso, com rajadas fortes, por isso não me senti confortável a rodar no limite», queixou-se Rea. «Não fazia qualquer sentido usar um pneu de qualificação ou simulações de corrida. Praticámos algumas partidas e experimentámos novos pneus da Pirelli. Esperamos recebê-los algures no futuro, mas de ambas as vezes que os pude experimentar a sessão foi interrompida por bandeiras vermelhas. Por isso foi um dia estranho, de várias formas. Mas de um modo geral os testes correram bem, porque ontem conseguimos um par de horas sem vento e conseguimos ser muito produtivos. Fizemos tudo e as sensações na moto melhoraram. Acordei, porque em Jerez na semana passada eu fui rápido mas não me sentia a 100% em cima da moto. Aqui senti-me melhor logo nas primeiras voltas», declarou o piloto da Kawasaki.

Tom Sykes

O seu companheiro de equipa foi o 5.º mais rápido, mas concentrando-se meramente nos testes, e terminando satisfeito: «Os últimos dois dias serviram basicamente para testar, por isso nunca trabalhámos verdadeiramente na afinação, mas estou contente porque não estamos longe de onde precisamos de estar.»

Honda e Yamaha logo a seguir

O segundo melhor tempo foi para Leon Camier: «Foi um bom teste, progredimos bastante e vamos suavizando as coisas à medida que avançamos. Fizémos sessões um pouco mais longas para perceber como está a moto a meio e no final da corrida, e estou bastante confortável com isso. Ainda temos algumas áreas em que gostaria de trabalhar para melhorar o nosso ritmo e o tempo por volta com o pneu de corrida, mas tudo está a progredir», disse o piloto da Red Bull Honda World Superbike Team.

Leon Camier

Foi Alex Lowes quem realizou o 3.º melhor tempo, logo seguido do seu companheiro de equipa Michael van der Mark. Lowes parece ter resolvido alguns problemas numa pista que lhe causou dificuldades em 2017: «Honestamente, foi muito bom para mim, porque esta pista no ano passado, de todo o calendário, foi a pior, a par de Laguna Seca; tive dificuldades em conseguir encontrar um bom ritmo. Fizemos um bom teste porque conseguimos encontrar soluções para os problemas que tive aqui na corrida, o que significa que vou para Phillip Island optimista.»

Alex Lowes

 

Melhores tempos dos dois dias
1 Jonathan Rea Kawasaki Racing Team 1’41.485
2 Leon Camier Red Bull Honda World Superbike 1’41.623
3 Alex Lowes Pata Yamaha Official WorldSBK 1’41.633
4 Michael vd Mark Pata Yamaha Official WorldSBK 1’42.028
5 Tom Sykes Kawasaki Racing Team 1’42.312
6 Chaz Davies Aruba.it Racing – Ducati Team 1’42.542
7 Marco Melandri Aruba.it Racing – Ducati Team 1’42.606