Testes Moto2 e Moto3 em Jerez: aproveitar o bom tempo

Os pilotos de Moto2 e Moto3 beneficiaram de bom tempo no segundo dia de testes em Jerez de la Frontera, e melhoraram os tempos de ontem.

149
Miguel Oliveira Testes Moto2 Jerez II 2
Miguel Oliveira

Com condições climatéricas bem melhores do que ontem, os pilotos presentes em Jerez de la Frontera tiraram partido de mais tempo em pista.

Aproveitando as sessões a seco, e com a pista a subir acima dos 30°C, os pilotos rodaram mais rápido e acumularam mais voltas na preparação da temporada.

A pista estava ainda húmida no início da manhã devido à chuva da noite anterior, e os pilotos tiveram que esperar quase meia hora para que secasse. Por isso foi novamente na segunda das três sessões que se registaram os melhores tempos.

E seria Sam Lowes a registar a melhor volta e a encabeçar um trio de KTM que ocuparam as primeiras posições. Logo a seguir ao britânico terminaram o seu companheiro de equipa Iker Lecuona e Brad Binder, que sofreu uma queda. Francesco Bagnaia ficou em 4.º, mas com exactamente o mesmo tempo que o sul-africano.

Sam Lowes Testes Moto2 Jerez II 2
Sam Lowes

Miguel Oliveira em 8.º

Miguel Oliveira terminou o dia com o 8. lugar da tabela, tendo rodado muitas voltas com pneus usados, e o dia terminaria mais cedo com o reaparecimento da chuva antes do final da última sessão.

«De um modo geral hoje foi positivo», disse Miguel Oliveira. «Tentámos diferentes configurações que nos deram diferentes resultados, quer positivos quer não tão positivos. Reuniremos isso tudo para levar para o Qatar. Tenho a certeza de que temos uma moto muito boa para o início da temporada. Confio totalmente na equipa para fazer um bom trabalho na primeira corrida do ano. Agora vamos fazer um pequeno reset baseado em todos os testes que fizemos».

Miguel Oliveira_Testes Moto2 Jerez II 2
Miguel Oliveira

No final Oliveira ainda montou pneus novos, e amanhã, com o agravamento do tempo, espera rodar em molhado: «Sinto-me bem fisicamente e sinto-me relaxado na moto. No final terminámos a afinar a moto com pneus novos. Temos tido alguma falta de sorte com pneus novos; isso deixa-nos um sabor agridoce porque não conseguimos tirar o máximo partido da moto. Veremos amanhã se o tempo nos permitirá rodar em condições que sejam pelo menos completamente molhadas», conclui o piloto português.

O dia ficou marcado por algumas quedas, incluíndo Tetsuta Nagashima, Jorge Navarro, Brad Binder, Zulfahmi Khairuddin e Héctor Barberá. 

Recordes do circuito em Moto2
Pole position: 1’42.080 (Alex Marquez – Kalex, 2017)
Volta mais rápida: 1’42.596 (Franco Morbidelli – Kalex, 2017)

Melhores tempos Moto2, segundo dia
Melhores tempos Moto2, segundo dia

 

Moto3: melhor tempo para Jorge Martin

Em Moto3 desta vez foi Jorge Martin quem registou o melhor tempo, com apenas 0,101 s de vantagem sobre Enea Bastianini, com Aron Canet em 3.º. Fabio di Gianantonio fechou o lote das quatro Honda que ocuparam as primeiras posições.

Marco Bezzecchi foi o melhor piloto KTM em 5.º, a 0,6 s de Martin.

Em Moto3 registaram-se mais quedas que em Moto2. Lorenzo dalla Porta caiu duas vezes neste segundo dia de testes, e pelo chão andaluz andaram também Gabriel Rodrigo, Marco Bezzecchi, Niccolo Antonelli, Nakarin Atiratphuvapat, Livio Loi e Nicolo Bulega.

Amanhã, provavelmente a chuva marcará o último dia de testes da pré-temporada para os pilotos de Moto3 e Moto2.

Jorge Martin Testes Moto3 Jerez II 2
Jorge Martin

Recordes do circuito em Moto3
Pole position: 1’46.004 (Jorge Martin – Honda, 2017)
Volta mais rápida: 1’46.723 (Brad Binder – KTM, 2015)

Melhores tempos Moto3, segundo dia
Melhores tempos Moto3, segundo dia