Testes em Jerez: até para o ano!

64
Jonathan Rea

O circuito de Jerez recebeu hoje o último dia de testes privados que voltou a reunir algumas equipas de MotoGP e Superbike.
Apesar de algumas terem colocado um ponto final na quinta-feira, ainda estiveram 20 pilotos em pista, a maior parte deles do Mundial de Superbike. De MotoGP ficaram a Suzuki, a Pramac, a Aprilia e a KTM.
Porém seria um piloto de Superbike a realizar o melhor tempo do dia, rodando abaixo do actual recorde da volta mais rápida em corrida… das MotoGP. Um ritmo impressionante do piloto britânico, mas usando um pneu de qualificação, depois de um dia de descanso em Jerez, e beneficiando do bom tempo que continuou a fazer-se sentir no circuito andaluz. Apesar de não poder fazer-se uma comparação directa, porque o circuito foi entretanto asfaltado e as temperaturas eram bem diferentes em Maio, a melhor volta de Rea, 1’37.986, tinha-o colocado na pole position do passado GP de Espanha. De qualquer modo,

Jonathan Rea

Jonathan Rea pura e simplesmente aniquilou os recordes da sua categoria: o recorde da volta mais rápida é de 1’40.938 e da pole é de 1’38.960, ambos de Marco Melandri com a Ducati e conseguidos há cerca de um mês, já com o novo asfalto.
Jonathan Rea estava satisfeito: «Este teste é realmente importante para nós e é feito numa boa altura do ano. O clima esteve consistente, por isso tivemos sorte. Há muita borracha no piso por isso pudemos avaliar todos os componentes que tínhamos para testar, e tudo correu como previsto. Tivemos que confirmar um novo chassis e um novo braço oscilante, e trabalhámos muito com a Showa nas suspensões na quarta-feira. Quando tivamos tudo confirmado pudemos testar alguns pneus para a Pirelli. Também usámos este teste para experimentar um pneu de qualificação para ver a nossa prestação numa única volta rápida. Fiquei surpreendido por ser tão rápido e chegar ao 1’37. Os bons resultados não se limitam a aparecer; foi preciso muito trabalho. Estou muito orgulhoso da equipa, já que eles perceberam as alterações ao regulamento. Conseguimos acertar assim que chegámos aqui na segunda-feira», declarou o campeão mundial de superbike no final dos testes.
Nas posições seguintes da tabela de tempos deste último dia de testes ficaram Andrea Iannone , Pol Espargaró – ambos abaixo da pole do GP de Espanha deste ano – e Alex Rins.
O quinto melhor tempo foi para Tom Sykes que, tal como o seu companheiro de equipa, ontem beneficiou de um dia de descanso.
Os próximos testes oficiais ocorrem para as MotoGP no final de Janeiro em Sepang.

Tabela de tempos do último dia aqui.