Nacional de Enduro: Oliveira vence em Góis

Góis recebeu a segunda ronda do Campeonato Nacional de Enduro, com mais de duas centenas de pilotos presentes.

99
Parque Fechado Enduro de Góis 2018
Parque Fechado

O Góis Moto Clube recebeu mais de 200 pilotos para a segunda ronda do Campeonato Nacional de Enduro – CFL. O Parque do Cerejal, nas margens do Ceira, esteve repleto de motos preparadas para percorrer os 40 km do percurso.

Depois da segunda posição na prova inaugural em Santo André, Luis Oliveira averbou a vitória absoluta em Góis. Devido à sua ausência no nacional no ano passado, há mais de um ano que o piloto de Sintra não ganhava uma prova do nacional de enduro.

Oliveira liderou desde a primeira das 11 especiais, terminando o dia com 27 segundos de vantagem sobre Diogo Ventura. Gonçalo Reis fechou o pódio quase um minuto atrás de Ventura.

Se Luis Oliveira venceu sete das 11 especiais, a vitória nas restantes quatro foi para Diogo Ventura.

Vencedores repetentes no Enduro de Góis

João Vivas, que tinha subido ao pódio absoluto em Santo André, desta vez teve que contentar-se com o 8.,º lugar, a quase cinco minutos dos vencedor. O piloto da KTM sofreu uma queda na Enduro Test e perdeu cinco posições.

Diogo Vieira foi o 4.º classificado absoluto e averbou a vitória em Elite 1.

Tal como em Santo André, Sebastian Buhler venceu na classe Open, com 25 s de vantagem sobre Nuno Oliveira; foi Márcio Antunes quem fechou o pódio.

Nos Verdes repetiu-se também o vencedor da prova anterior, com João Moura a levar os louros e a vitória em V2. Igor Domingos venceu os Verdes 1 e Nuno Cação os Verdes 3.

Joana Gonçalves venceu entre as Senhoras e Nuno Freitas entre os Veteranos.

Na Enduro Cup o vencedor foi Mateus Cêpa, Fernando Teixeira ganhou os Super Veteranos, Miguel Antunes nas Vintage e Rodrigo Belchior na Youth Cup.

A próxima prova do campeonato decorrerá na Régua e será a primeira do ano com dois dias de duração, a 24 e 25 de Março.

Todas as classificações aqui.