MV Agusta conclui restruturação

270
MV Agusta F4 LH44

A MV Holding concluiu as negociações e adquiriu a quota de 25% da MV Agusta Motor SpA que ainda estavam nas mãos da Mercedes AMG.
A operação tinha sido anunciada em Julho, aquando da entrada do ComStar do magnata russo Timur Sardarov na empresa e foi agora concluída, o que significa que a MV Holding detém agora a totalidade das acções da MV Agusta Motor SpA. A ComStar tem uma quota minoritária na MV Holding, cuja quota maioritária está na posse da GC Holding, de Giovanni Castiglioni.
Com esta operação a MV Agusta conclui um complexo processo de restruturação financeira e estratégica, e agora que tem a gama de três cilindros em velocidade de cruzeiro, a icónica marca italiana vai virar-se para a plataforma de quatro cilindros, com um novo primeiro modelo da gama a ser lançado em 2018. A MV Agusta continuará a contar com a colaboração de Lewis Hamilton, como aconteceu com a F4 LH44, que foi o segundo modelo da MV Agusta, depois da Dragster RR LH, a contar com o input do piloto de F1.