MotoGP: Nakagami ansioso pela próxima temporada

76
Taka com o patrão Lucio Cecchinello da LCR

Takaaki Nakagami vai celebrar o seu 26.º aniversário em Fevereiro, poucos dias depois dos primeiros testes de pré-temporada em Sepang e antes dos seguintes em Buriram. O piloto japonês deu o salto para as MotoGP depois de seis temporadas em Moto2, onde o seu melhor resultado foi o 6.º lugar final alcançado no campeonato de 2016.
Antes, ‘Taka’ tinha passado discretamente Mundial de 125 cc onde esteve dois anos, após o seu ‘estágio’ internacional no campeonato espanhol, onde foi 12.º no campeonato de 125 cc em 2006 (ano em que foi campeão Pol Espargaró) e 6.º no ano seguinte (título para Stefan Bradl).
Em 2018 Takaaki Nakagami será um dos quatro rookies em MotoGP, a par de Franco Morbidelli, Thomas Lüthi e Xavier Simeon, e o japonês pretende batê-los para se tornar no Rookie do Ano.
Já em plena época de defeso, Nakagami esteve no Japão num evento Honda – onde viu a sua nova moto com a decoração para 2018 -, e a equipa LCR sentou-o com um microfone à frente e depois divulgou esta pequena entrevista pela imprensa, que aqui partilhamos.

Fala-nos da tua paixão pela competição, quando começou, a tua primeira moto e os teus primeiros passos como piloto profissional?

As motos entraram cedo na sua vida

«Tudo Começou quando eu tinha 4 anos e nada mudou até agora. Acho que percebi imediatamente que queria ser um dia piloto profissional. A minha prioridade é desfrutar as corridas e quando os bons resultados surgem, fico muito contente pela equipa. Quando vejo os meus mecânicos a sorrir e a celebrar uma boa corrida, é uma sensação incrível para mim.»

Porque corres com o número 30? Alguma razão em particular?

«Em 2006, quando tinha 14 anos, estava a correr no campeonato espanhol com a MotoGP Academy gerida pelo Alberto Puig e ele escolheu esse número para mim. Gostei e decidi mantê-lo para o futuro.»

Assim que chegaste à Europa iniciaste a tua carreira como piloto profissional. Do que gostas mais na Europa? A comida? A cultura? As miúdas?

«Honestamente, gosto de tudo na Europa. Excelente comida, cultura interessante, e miúdas giras, também! (risos) Mas para já a comida é a minha coisa favorita.»

O japonês dá-se bem com a vida na Europa

Após várias temporadas nas categorias mais pequenas, qual é a sensação de ser um piloto de MotoGP com a Honda?

«Absolutamente fantástica! É um sonho tornado realidade. Adoro tudo em MotoGP. E mais uma vez devo agradecer à Honda por esta incrível oportunidade.»

A preparação física é essencial para domar uma MotoGP

Como treinas para estares em forma para nova moto? Alguma dieta especial?

«Não, nenhuma dieta neste momento, mas aumentei o meu treino para ser mais forte para esta moto. Concretamente, preciso de fortalecer o meu tronco por isso faço todos os dias ginásio, bicicleta e natação.»

Quais são as tuas expectativas para a próxima temporada? Na categoria principal há três rookies para além de ti. Quem é que vai ganhar o prémio de Rookie do Ano?

«Eu, claro! O título de Rookie do Ano é sem dúvida o meu objectivo para o próximo ano.»

 

Em 2018 contará com a experiência de Crutchlow na sua box

Como é a relação com o teu companheiro de equipa Cal Crutchlow?

«Grandes sensações com o Cal. Ele tem muita experiência com a máquina de MotoGP. Acho que tenho muita sorte em tê-lo na minha box na próxima temporada. Vou tentar aprender o máximo possível com ele. E ele é também uma pessoa muito divertida.»

Estiveste recentemente no circuito Twin Ring Motegi para o Honda Thanks Day, e mostraste a tua moto para 2018. Fala-nos dela.

«A Honda, a Idemitsu e a LCR prepararam esta surpresa especial para mim e a nova decoração é absolutamente fabulosa. Tenho a certeza que os fãs também gostaram! Foi bom ter passado o dia com o Marc [Marquez], o Dani [Pedrosa] e todos os pilotos do HRC. Acho que o Honda Racing Thanks Day é um evento único para os nossos fãs e para as suas famílias, porque têm a oportunidade de conhecer e cumprimentar os seus heróis. Mal posso esperar por começar a temporada com a LCR Honda Idemitsu Team!»