Moto2 e Moto3: italianos dominam, Oliveira em 4.º

Terminaram os testes de Moto2 e Moto3 em Valência. Agora os pilotos dirigem-se a sul, para mais três dias de testes em Jerez de la Frontera, a partir do dia 12.

72
Mattia Pasini

Terminaram ontem em Valência os três dias de testes das categorias Moto2 e Moto3. Neste terceiro dia não choveu, mas mantiveram-se as temperaturas muito baixas, e durante a manhã – com apenas 3°C – dos pilotos de Moto2 apenas Mattia Pasini arriscou rodar.
Foi precisamente o piloto italiano da Italtrans Racing Team quem acabou por registar o melhor tempo destes testes, que terminou dominado por italianos, com Lorenzo Baldassari e Simone Corse a ocuparem os lugares seguintes na tabela de tempos.
Os três primeiros terminaram separados por apenas 0,136 s.

Oliveira em 4.º

Miguel Oliveira, tal como a esmagadora maioria dos pilotos, também registou o seu melhor tempo neste último dia, ocupando a 4.ª posição final na tabela de tempos, a 0,367 s de Pasini, sem se ter empenhado numa volta rápida devido à baixa temperatura do asfalto: «Este segundo dia foi positivo, conseguimos completar mais voltas do que ontem. Mesmo assim, estava frio. O objetivo destes testes não é correr riscos para procurar a primeira posição, mas sim fazer o trabalho que planeámos antes de iniciar os treinos. Hoje tentámos adaptar a moto às condições que encontrámos e conseguimos isso. Tivemos dois dias satisfatórios. Esperamos poder tirar mais proveito da nossa visita a Jerez do que nos dias de hoje em Valência», disse o piloto da Red Bull KTM Ajo Moto2.
Em Moto3 foi Jorge Martin o mais rápido, com Enea Bastianini a terminar em 2.º a apenas 0,095 s, com Marco Bezzechi a ser a surpresa ao colocar a KTM da PruestelGP no 3.º lugar, a 0,102 s de Martin.
Aaron Canet, que tinha caído no dia anterior, terminou os testes na 4.ª posição.
Os pilotos rumam agora ao sul, para três dias de testes em Jerez de la Frontera, de 12 a 14 de Fevereiro, onde têm esperanças de apanhar condições climatéricas mais favoráveis.