Moto2 e Moto3: finalmente acção em Valência

A chuva parou em Cheste para o segundo dia de testes das Moto2 e Moto3 no circuito Ricardo Tormo, em Valência. Apesar de uma queda, Oliveira fez o segundo melhor tempo.

189
Miguel Oliveira

Depois da chuva de ontem, o tempo foi clemente para os pilotos no segundo dia de testes das categorias Moto2 e Moto3 no circuito Ricardo Tormo, em Valência, cumprindo assim as primeiras voltas ‘a sério’.

No final do dia seria Lorenzo Baldassari a realizar o melhor tempo, aproveitando as melhorias climatéricas da tarde, que secaram a pista.

Durante a manhã a pista esteve molhada mas, apesar das baixas temperaturas, foi secando, e à tarde os pilotos aproveitaram as melhores condições para rodar um pouco mais rápido, mas mesmo assim ainda longe dos tempos por volta ideais.

Baldassari rodou a sua melhor volta com a Kalex do Team Pons 40 em 1’36.149 (actual recorde da pole position: 1’34.879; actual recorde da volta mais rápida: 1’35.312).

Oliveira em segundo

Miguel Oliveira fez o segundo melhor tempo do dia, ficando a 0,185 s do piloto italiano, com Mattia Pasini na 3.ª posição.

«Depois de 2 meses sem pilotar a minha KTM hoje pudémos cumprir apenas algumas voltas, mas serviu para sacudir as teias de aranha e começar a procurar de novo as nossas sensações. Na última sessão sofri uma queda, na última curva, mas não me magoei. Registámos o segundo melhor tempo, por isso não foi um mau começo. Amanhã continuaremos a trabalhar arduamente, porque isto é apenas o início», disse o piloto da Red Bull KTM Ajo.

Dos rookies, Romano Fenati, com a Kalex da Marinelli Rivacold Snipers foi o mais rápido, com o 11.º tempo do dia.

Nas Moto3 foi Gabriel Rodrigo quem realizou o melhor tempo (1’40.324), mas com Jorge Martin logo a seguir, com apenas 0,009 de diferença. Marco Bezzechi foi 3.º, num dia marcado por algumas quedas, sem consequências.

Amanhã os pilotos cumprem o último dia de testes em Valência e depois viajam para Jerez de la Frontera, on testam de 12 a 14 de Fevereiro.