Harley-Davidson Battle of the Kings, final ibérica

74
Battle Of The Kings 2018

Decorreu em Madrid a final ibérica da Battle of The Kings, que elegeu aquela que estará presente na final mundial.

Em Madrid reuniram-se as oito finalistas ibéricas, entre elas a portuguesa, realizada pela Harley-Davidson Lisboa, vencedora no ano passado.

Na 4.ª edição da Battle of The Kings a Penísula Ibérica estará representada pela Harley-Davidson Tarraco, que foi a vencedora com a sua Third Time Lucky. A final realiza-se no EICMA, em Milão, no próximo mês de Novembro.

Para esta edição da BoTK os candidatos tinham que usar um dos sete modelos da gama Dark da Harley-Davidson. A H-D Tarraco escolheu uma Street Bob, e na sua terceira participação – daí o nome da moto – levou a vitória. «A moto é baseada nas Café Racer dos anos 60, muito minimalista e com detalhes de personalização racing da época. Pintura muito consistente com o conceito clássico e a ideia desses anos de que menos é mais. Inspiração claramente clássica desde a sua pintura aos acessórios», explica o responsável da H-D Tarraco.

Para além de um modelo Dark, os participantes tinham um orçamento: podiam gastar 3000 euros em acessórios Harley-Davidson e outros 3000 em outros fabricados exclusivamente para este concurso.

Tributo a Billy

A eleição foi feita por um painel de júris, que primeiro seleccionou as oito finalistas de um total de 18 participantes. O júri era composto pelo fotógrafo Alberto García-Álix, grande amante das motos, de tatuagens, da música e da noite; o construtor Jorge González da Hell’s Kitchen Garage, conhecido pelo seu inconfundível estilo old school e 100% handmade; o fotógrafo José Cepas da Kustom Photography e ilustrador da Bobber Cult; e José Luna da Aoroshd.

A Harley-Davidson Lisboa venceu a competição ibérica no ano passado com a sua Metal Snake. Desta vez concorreu com uma homenagem ao filme Easy Rider. A H-D Lisboa pegou numa Street Bob e transformou-na na Billy Bike Reborn, um tributo a Billy, o personagem do filme, desempenhado por Dennis Hopper.

Esta chopper old school caracteriza-se pela longa forquilha, e a traseira muito baixa, onde se destacam dois elementos artesanais: os escapes e o assento. Outros elementos escolhidos dentro do orçamento para acessórios não H-D foram a jante raiada dianteira de 21 polegadas,o depósito e a sua pintura. Elementos como manetes ou pousa-pés sairam do vasto catálogo da marca americana.