GP da República Checa: Schrotter domina, Oliveira em 12.º

Decorreu hoje o primeiro dia de treinos livres para o GP da República Checa, em Brno. Em Moto2 o melhor tempo foi para Marcel Schrotter e Miguel Oliveira terminou em 12.º.

Miguel Oliveira GP Rep Checa

Com a temperatura a subir acima dos 32°C, o primeiro dia de treinos do GP da República Checa serviu para os pilotos recuperarem o ritmo após umas curtas férias.

Marcel Schrotter foi o mais rápido em ambas as sessões de treinos; Francesco Bagnaia e Mattia Pasini terminaram logo atrás do piloto alemão.

«Foi um grande início para mim, especialmente esta manhã», disse o piloto da Dynavolt Intact GP. «Na semana passada testei uma 1000 com mais potência, e do passado já sabia que teria algumas dificuldades na primeira sessão depois disso. Desta vez isso não aconteceu. De qualquer modo, no início até parecia que moto não estava a funcionar bem, porque a diferença de potência é muito grande, mas imediatamente consegui boas sensações e consegui logo um bom tempo no início e depois também na segunda sessão».Marcel Schrotter GP Rep Checa

Oliveira em com novo material

O calor aumentou para a segunda sessão; mais uma vez, foram vários os pilotos que conseguiram o melhor tempo no início da sessão, sem conseguirem melhorar depois. Não foi o caso de Miguel Oliveira, que obteve o seu melhor tempo perto do final da segunda sessão. O piloto português teve ainda oportunidade de estar novo material que a KTM preparou para a segunda metade do campeonato. Oliveira ficou satisfeito com as melhorias.Miguel Oliveira GP Rep Checa

«Hoje experimentámos as novas peças que a KTM trouxe para a segunda metade da temporada. A verdade é que, apesar de ainda termos de continuar a testá-las, notei melhorias na traseira. Consegui mais aderência, que é o que temos procurado nas últimas corridas. Este primeiro dia foi muito positivo. Começámos o fim de semana com uma afinação um pouco mais extrema e estamos cada vez mais próximos da moto do ano passado, o que é muito bom. Estou contente com o trabalho que fizemos hoje, apesar de que quando pusemos o pneu macio no final do dia já não fizemos muito trabalho com ele; deixámos isso para amanhã», disse Miguel Oliveira, que ficou a 0,576 s de Schrotter.

O calcanhar de Aquiles esta temporada para Oliveira tem sido a qualificação, e por isso trabalhou também nesse sentido: «Hoje conseguimos o nosso objectivo, que era prepararmo-nos bem para a Qualificação, por isso espero amanhã conseguir uma posição na grelha um pouco superior à das últimas corridas. As temperaturas altas não me preocupam muito porque serão as mesmas para todos. Vai ser importante tirar partido da aderência da pista nos primeiros minutos da qualificação».

Moto3: o líder ficou KO

Em Moto3 o campeonato pode ter sofrido uma reviravolta. O líder do campeonato, Jorge Martin, sofreu uma queda na primeira sessão de treinos livres e fracturou rádio do braço esquerdo. O piloto espanhol ficou fora deste grande prémio e viajou para Barcelona para ser operado por Xavier Mir. A esperança é poder alinhar já no GP da Áustria, daqui a apenas uma semana, de modo a não perder muitos pontos. Com a ausência em Brno arrisca-se a perder a liderança do campeonato para Marco Bezzecchi.Philipp Oetl GP Rep Checa

O italiano foi apenas 14.º no final do dia. O mais rápido da categoria mais pequena seria Philipp Oettl, com o seu melhor tempo realizado na primeira sessão. A surpresa do dia seria o rookie Kazuki Masaki. O piloto japonês realizou o melhor tempo da segunda sessão, terminando o dia em segundo, na frente de Aron Canet.

Todas as classificações aqui.