GP da República Checa: Dani Pedrosa surpreende

O primeiro dia de treinos de MotoGP no GP da República Checa ficou marcado pelo calor e por uma classificação inesperada.

Dani Pedrosa GP da Rep Checa

Dani Pedrosa pode estar de saída do Mundial no final do ano, mas ainda não disse adeus. No circuito onde venceu em 2012 e 2014, o piloto espanhol melhorou mais de um segundo da primeira para a segunda sessão de treinos; Pedrosa averbou o melhor tempo do dia cerca de um mês depois de ter testado neste circuito.

«Foi um dia positivo, já que pudemos marcar um bom ritmo, especialmente na segunda sessão com os pneus duros», disse Dani Pedrosa, que ainda não decidiu o seu futuro depois da retirada no final do ano. «Fizemos um grande trabalho, inclusive na parte final dos treinos, quando montei o pneu mais macio. Isto é importante, já que normalmente temos problemas com o composto macio, enquanto que hoje me senti cómodo e com bom ritmo».

Dani Pedrosa GP da Rep Checa
Dani Pedrosa

Danilo Petrucci foi o segundo mais rápido, e Álvaro Bautista surpreendeu com o terceiro lugar da tabela combinada. Logo a seguir surgia outra surpresa: Hafizh Syahrin foi quarto, e o melhor piloto Yamaha do dia.

Danilo Petrucci GP Rep Checa
Danilo Petrucci
Hafizh Syahrin GP Rep Checa
Hafizh Syahrin

Protagonistas ‘apagados’

Num dia de muito calor, o resultado final das duas primeiras sessões de treinos foi um pouco atípico; o líder do campeonato, Marc Marquez, surgiu apenas em 10.º, atrás de Johann Zarco. O piloto francês tinha sido o mais rápido da manhã, mas apesar de ter melhorado à tarde, desceu para 9.º.

«Começámos com uma boa afinação, já que tivemos um teste muito positivo neste circuito há um mês. Há que dizer que as condições eram diferentes, hoje fez muito calor e isso significa que tivemos que ajustar as afinações. Trabalhei na primeira sessão com um pneu médio e na segunda com o mais duro. O segundo permitiu-me registar um bom tempo no final. Estamos um pouco atrás na classificação, mas concentrámo-nos no ritmo e não há muita diferença entre nós e os primeiros», disse Marquez no final do dia.

As equipas trouxeram novas soluções para Brno, mas algumas delas para usar primeiro no teste agendado para segunda-feira. É o caso da Yamaha, com um às voltas com a electrónica para resolver alguns dos problemas que levam o construtor japonês a mais de uma noa de jejum, sem vitórias. A KTM tem um novo motor com cambota contra-rotante, e a Ducati surgiu com uma nova solução aerodinâmica.

Danilo Petrucci GP Rep Checa
Petrucci com nova nova aerodinâmica na sua Ducati

Todas as classificações aqui.