Gala dos Campeões FMP

Mais uma vez o Casino Estoril foi palco para a Gala dos Campeões da Federação de Motociclismo de Portugal.

196
Gala dos Campeões FMP

O Casino Estoril foi mais uma vez palco para a gala de entrega de prémios aos campeões da Federação de Motociclismo de Portugal.

Foi em ambiente de festa que na sala Preto e Prata do Casino foram consagrados não só os campeões nacionais de 2017, mas também os pilotos que participaram em campeonato mundiais ou europeus nas várias modalidades ao longo da temporada passada, os Top Riders, que este ano foram Diogo Vieira (Mundial de Super Enduro), Miguel Oliveira (Mundial de Moto2), Paulo Gonçalves (Mundial de Todo-o-Terreno) e Rui Gonçalves (Mundial de Motocross).

Foram ainda homenageados os pilotos que integraram as diversas selecções nacionais em competições como os ISDE, Motocross das Nações, Supermoto das Nações e Trial das Nações.

Para além da homenagem aos Top Riders e campeões nacionais da diversas modalidades, foi ocasião para a FMP entregar também os Diplomas e Medalhas de Mérito Desportivo.

Os Diplomas foram entregues ao Centro Recreativo e Cultutal da Poutena, Raúl Rocha Ferreira (Câmara Municipal de Freixo de Espada à Cinta) e Eni.

As Medalhas de Mérito Desportivo contemplaram Gil Nadais (Câmara Municipal de Águeda), Luis Tadeu (Câmara Municipal de Gouveia), António Oliveira, Felisberto Teixeira, Miguel Oliveira e Rúben Faria.

Quanto às selecções, subiram foram homenageados:

Diogo Ventura, Gonçalo Reis, Luis Oliveira e João Vivas (Selecção de Enduro), e ainda Diogo Vieira e Luis Correia pela sua presença em 2016; André Martins, Tomás Clemente e Manuel Teixeira (Selecção Júnior) e Bruna Antunes, Flávia Rolo e Rita Vieira, que formaram a Selecção Feminina de Enduro;

Rui Gonçalves, Paulo Alberto e Hugo Basaúla que representaram Portugal no Motocross das Nações;

Diogo Vieira, Filipe Paiva e Manuel Teixeira, que formaram a Selecção presente no Trial das Nações, a par de Rita Vieira e Sofia Porfirio, Selecção Feminina no mesmo evento;

Nuno Rego, Luis Ferreira e Nuno Pinto, que representaram as cores lusas no Supermoto das Nações.

E estes foram os campeões nacionais de 2017 (pilotos e construtores):

MX Infantis A: Duarte Filipe e KTM

MX Infantis B: Martim Espinho e KTM

MX 2 Tempos: Renato Silva e TM

MX2 Júnior: Bruno Charrua e Yamaha

MX2: Diogo Graça e Honda

MX1: Luis Correia e Suzuki

MX Elite: Hugo Basaúla e Kawasaki

SX Infantis A: Duarte Filipe e KTM

SX Infantis B: Sandro Lobo e KTM

SX2: Diogo Graça e Honda

SX1 e Elite: Hugo Basaúla e Kawasaki

Supermoto: Nuno Rego e Husqvarna

TT Quad: Arnaldo Martins e Suzuki

TT SSV Absoluto e TT1: Bruno Martins e Can Am

TT SSV TT2: Ricardo Carvalho e Yamaha

TT3 : Luis Teixeira e Yamaha

TT1: Martim Ventura e Yamaha

TT2 e Absoluto: António Maio e Yamaha

Trial outdoor e indoor: Diogo Vieira e Beta

CNV Classicas C1: Joaquim Boavida

CNV Classicas C2: Bernardo Villar

CNV 85GP/Moto4: Patrick Costa e Minarelli

CNV Pré Moto3: Angel Dominguez e Team MC Loulé Concelho

CNV Superstock 600: Ivo Lopes, Yamaha e Eni Motor7 Pequeno Motos

CNV Superbike: Rui Reigoto, Yamaha e Yamaha Reigoto JBS Team

Esta gala foi o culminar da temporada de 2017, uma das mais bem sucedidas da FMP em termos de números de corridas organizadas (mais de 140) e de pilotos com licença desportiva (1379), que ficou atrás apenas da temporada de 2000, a melhor de sempre da Federação de Motociclismo de Portugal.