FIM CEV: Granado e Gonzalez campeões

148
Campeões 2017: Eric Granado (Europeu de Moto2), Dennis Foggia (Mundial de Moto3 Junior), Manuel Gonzalez (European Talent Cup) e Raul Martinez (European Kawasaki Z Cup)

O FIM CEV Repsol terminou este domingo no circuito Ricardo Tormo, em Valência. Com Dennis Foggia já campeão mundial de Moto3 Junior, faltavam decidir-se os títulos de M2 e da European Talent Cup.
Apesar de o título de estar decidido nas Moto3 Junior, havia vários candidatos ao segundo lugar do campeonato. Para esta categoria a última ronda foi dupla, com duas corridas no domingo.

Dennis Foggia já era campeão e venceu a segunda corrida

A primeira foi interrompida logo após a primeira voltas devido à inúmeras quedas. Na segunda partida, para uma corrida mais curta. Sempre com um grupo numeroso lá na frente, seria Jaume Masia a tirar um trunfo da manga na última curva para conseguir a vitória, enquanto que o já campeão Dennis Foggia conseguia bater Vicente Perez mesmo em cima da linha, por apenas 0,006 s, para assegurar a segunda posição. Um dos candidatos ao vice-campeonato, Jeremy Alcoba, caiu e ficou arredado da luta pelo segundo lugar da tabela de pontos.
A segunda corrida viu um grupo mais pequeno formar-se na frente, com apenas quatro pilotos, que passaram a três com a queda de Kazuki Masaki. Nas últimas voltas Dennis Foggia conseguiu impôr-se a Alonso Lopez e Jaume Masia para averbar a sua quarta vitória do ano.
Foggia celebrou a vitória e o título que já era seu, e Masia encerrou a temporada na segunda posição do campeonato. Ambos estarão no próximo ano nos grandes prémios na categoria de Moto3.

Eric Granado selou o título com a vitória

Moto2: Granado com vitória e título
No Europeu de Moto2 Erica Granado chegou a esta última ronda no comando do campeonato com 16 pontos de vantagem sobre Ricky Cardús.
O brasileiro saiu da pole position e esteve sempre no grupo da frente e rodou várias voltas em terceiro, atrás de Joe Roberts e Steven Odendaal. Quando Cardús, que arrancou da segunda linha e passou as primeiras voltas a apanhar o grupo da frente, se aproximou do brasileiro, este passou ao ataque e em três voltas chegou ao comando da corrida. Cardús acabaria por sofrer uma saída de pista e pouco depois entrou nas boxes e abandonou. Com o espanhol de fora, Granado era automaticamente campeão, e nem precisava de terminar a corrida.
O brasileiro acabou por encerrar a temporada com chave de ouro, obtendo a sua sexta vitória e conquistando o título europeu de Moto2. Com ele subiram ao pódio Odendaal, o Joe Roberts, depois de o sul-africano ter conseguido bater o americano na última volta.
Atrás de Granado no campeonato ficaram Ricky Cardús e Steven Odendaal. Este e Granado vão regressar ao Mundial no próximo ano.

Manuel Gonzalez nem precisou terminar no pódio para conquistar o título da ETC

European Talent Cup: taça para Gonzalez
No final desta primeira edição da European Talent Cup havia apenas dois candidatos ao título: o espanhol Manuel Gonzalez e o brasileiro Meikon Kawakami, que chegaram a Valência separados por 20 pontos, com vantagem para Gonzalez.
Também esta corrida corrida foi interrompida à segunda volta devido a uma queda, e na segunda partida formou-se um denso e animado grupo na luta pela vitória, que acabou por sorrir a Alex Toledo, seguido de Victor Rodriguez e Andreas Perez, depois de todos eles terem passado pelo comando.
A Manuel Gonzalez bastou terminar em 5.º, três posições à frente de Kawakami, para assegurar o título.
Presente nesta última ronda esteve o piloto português Kiko Maria, 4.º classificado no Campeonato Nacional de Pré-Moto3, onde venceu a última corrida da temporada, no Estoril, neste seu ano de estreia no CNV. Esta foi a segunda prova da ETC em que o piloto lisboeta participou, depois da estreia na Ronda do Estoril, e depois de ter qualificado em 35.º entre os 37 pilotos presentes, terminou a corrida em 31.º, tendo assim acumulado experiência que se junta à adquirida também nas corridas do campeonato espanhol.