Ducati celebra 25 anos de Monster

A icónica Ducati Monster celebra este ano 25 anos de existência, e o aniversário vai ser celebrado de várias formas.

213
Ducati Monster
A Ducati M900 de 1993 no Museu Ducati

Fez no passado dia 5 de Março 25 anos que saiu a primeira Ducati Monster da linha de montagem de Borgo Panigale.
Naquele dia 5 de Março de 1993 ninguém podia imaginar que a M900, ou Mostro 900, como foi originalmente chamada, seria o início de uma longa história de sucesso.
Agora, mais de duas dezenas de modelos Monster depois, a Ducati prepara-se para celebrar o 25.º aniversário da icónica moto.
Primeiro, passou a estar uma unidade da M900 de 1993 em exibição no Museu Ducati, em Bolonha. A moto foi emprestada por um coleccionador privado que a mantém em estado imaculado.

Desfile em França e festa na WDW

No dia 24 de Março realiza-se em França uma concentração de Ducati Monster, no Sunday Ride Classic 2018. É um evento internacional dedicado às motos de colecção organizado no circuito Paul Ricard. A Ducati e os Ducati Owners Clubs convocaram todos os ‘Monsteristas’ para fazer um desfile na pista e celebrar este 25.º aniversário. A participação no desfile está aberta a qualquer proprietário de uma Monster, basta registar-se no evento e aparecer.
Mais tarde, já no Verão, a celebração mais ‘oficial’ acontecerá no 2018 World Ducati Week. Este ano o evento ducatista realiza-se de 20 a 22 de Julho, no Misano World Circuit Marco Simoncelli.
Miguel Galuzzi deve ser um homem orgulhoso. O designer industrial argentino – actualmente director do Centro de Design Avançado do Grupo Piaggio na Califórnia – é o pai da Monster. A original M900 foi apresentada oficialmente à imprensa e ao público no Intermot, o Salão de Colónia, em 1992. Ao longo dos 25 anos de história foi proposta com várias motorizações, dos 600 aos 1200 cc (e também uma versão de 400 cc para o Japão); e apesar do seu design ter vindo a ser modernizado, na essência mantém os traços originais da Mostro 900.