Dakar – 5.ª etapa – Barreda recupera

83
Joan Barreda

Os pilotos do Dakar viveram mais um dia complicado nesta que foi a 5.ª etapa da prova. A areia e as dunas foram ainda mais difíceis de superar do que nas etapas anteriores, mas Joan Barreda conseguiu estar um nível acima dos seus rivais e conseguiu vencer com 10 minutos de vantagem sobre o 2.º classificado, Matthias Walkner.

Kevin Benavides, que tem sido um dos pilotos mais regulares nesta primeira semana de prova, terminou em terceiro, cerca de 2 minutos atrás do austríaco da KTM.

Com a vitória na etapa Barreda voltou a recuperar terreno na classificação geral, ascendendo ao 4.º.

«Acabou por ser um bom dia», disse Barreda no final da etapa, «Imprimi um ritmo demolidor ao longo da etapa e funcionou. Sabia que era o último dia nas dunas, por isso tinha que atacar. Foi exactamente o que fiz, e recuperei algum tempo. Estou de regresso aos 10 primeiros, embora a diferença ainda seja grande, mas de certeza que encontrarei uma oportunidade.»

O vencedor de ontem, Adrien van Beveren, terminou a etapa em 5.º e mantém o comando da classificação geral, mas com apenas 1 minuto de vantagem sobre Benavides e 1’14 sobre Walkner; Barreda, agora em 4.º da geral, está a 7’42 do comandante.

Boa etapa para Antoine Meo, que conseguiu terminar em 4.º, a 13 minutos do vencedor.

Fausto Mota terminou esta etapa na 55.ª posição e ocupa o 59.º lugar da classificação geral.

Amanhã a etapa tem 447 km, dos quais 313 são de especial; a caravana deixa o Peru e entra na Bolívia, com uma mudança de paisagem e terreno, acabam-se as dunas, mas surge uma nova dificuldade, a altitude, com a especial a começar acima dos 4000 m.

Todas as classificações no site oficial da prova, aqui.