Dakar – 13.ª etapa: quase terminado

101
Toby Price

Depois de uma dia de etapa anulada – mas sem grande descanso, porque a caravana teve que percorrer os 723 km até San Juan – houve mais uma longa distância a percorrer na etapa de sexta-feira, a 13.ª, incluindo 424 km de especial, com piso variado.

Toby Price voltou a vencer e a aproximar-se um pouco mais dos pilotos da frente.

Kevin Benavides conseguiu também ‘roubar’ alguns minutos a Mathias Walkner.

Porém, o austríaco, apesar de estar a sentir a pressão, sabe que a prova está quase a terminar, e o mais importante é não cometer erros. Walkner foi 4.º na etapa e mantém uma confortável vantagem no comando da classificação geral.

Problemas desta vez para Ricky Brabec, que parou a meio da etapa com problemas eléctricos.

Fausto Mota terminou a etapa na 40.ª posição, ocupando a 43.ª da classificação geral.

Este sábado realiza-se a última etapa em Córdoba, com uma especial de apenas 120 km, que – a não ser que aconteça mais algum drama – não deverá alterar muito a classificação geral.

1. Toby Price (3.º da geral): «Foi uma grande etapa, liderei rodando lá na frente e foi realmente divertido. A pista era rápida e dura nalguns pontos, por isso puxei o máximo que podia nessas secções. A navegação hoje não foi muito difícil, cometi alguns erros pelo caminho, mas nada de importante. Havia muitas zonas de velocidade por isso tinha que ter cuidado para excedê-las, mas fiz o que tinha decidido fazer e venci a etapa. Teria sido bom ter conquistado mais tempo ao Kevin Benavides, mas ainda falta um dia. Se me tivessem dito há seis semanas que eu estaria a lutar pelo pódio, eu teria rido. Estou realmente contente com o modo como as coisas correram até agora, e veremos o que podemos fazer amanhã.»

2. Kavin Benavides (2.º da geral): «Hoje fiz uma boa etapa, que foi dura, mas aonde me diverti muito nas pistas de areia. Sofri uma pequena queda, mas puxei forte e consegui recuperar algum tempo para o líder. Amanhã vou tentar fazer uma corrida inteligente. Vamos tentar ter cuidado, porque há vários perigos e não podemos brincar.»

3. Antoine Meo (4.º da geral): « A etapa de hoje foi muito divertida. Tentei tudo para apanhar o Toby, mas ele hoje esteve sempre de gás colado. A última parte da etapa foi realmente rápida e abrandei um pouco, porque um erro aqui teria sido assustador. Estou contente por como o dia correu, o resultado coloca-me em 4.º na geral e era isso que eu queria hoje. Agora só temos mais um dia, por isso darei o meu melhor para tentar um final bom e seguro.»

4. Matthias Walkner (1.º da geral): «Foi um dia mesmo muito longo. Os pilotos da frente estão a puxar realmente muito e estou a sentir-me um pouco nervoso, por isso o meu objectivo é encarar as coisas com consistência e chegar em segurança ao final. Foi uma etapa rápida e mesmo um pequeno erro poderia ter causado uma grande queda. Tenho 20 minutos de vantagem sobre os pilotos que estão atrás de mim, mas mesmo essa vantagem pode desaparecer facilmente se eu me perder ou tiver um problema na moto. Amanhã ainda temos 120 km de corrida e tudo pode acontecer. Começarei a pensar na vitória quando finalmente cruzar a linha de chegada amanhã.»

Classificações completas aqui.