Brough Superior apresenta a Pendine

942

A Brough Superior é uma das mais carismáticas marcas de motos da história da industria mundial. A marca teve a sua “primeira vida” entre 1919 e 1940, tendo George Brough produzido os icónicos modelos em Nottingham, Inglaterra. A marca ficou conhecida como a “Rolls Royce das motos” e tinha cliente famosos como T. E. Lawrence (Lawrence da Arábia, que viria a falecer das lesões causadas por uma queda na sua sétima Brough Superior) e George Bernard Shaw. Hoje em dia a marca ainda tem muitos seguidores pelo mundo fora, bem como clubes de proprietários, sendo um dos mais conhecidos o apresentador americano Jay Leno.

Brough Superior SS100 MK2

Em 2008 os direitos da marca foram adquiridos por Mark Upham, um entusiasta de motos clássicas que fez equipa com o designer Thierry Henriette para a re-interpretação de uma Brough Superior moderna. Em 2013 a nova SS100 era apresentada ao público, uma moto algo polémica na altura, pois muita gente, incluindo eu próprio que assisti à apresentação, não ficou convencida da validade estética e técnica do novo projecto. A moto era um conjunto de peças, um misto de detalhes clássicos com ideias de design moderno e no meio de tanto cromado ficava a real dúvida sobre se a Brough estava à altura dos seus pergaminhos.

A produção da marca arrancou no final de 2016, tendo os primeiros clientes recebido as motos já este ano. No recém realizado Salão de Milão, a marca aproveitou para mostrar dois novos modelos, a renovada SS100 Euro4 (com ABS e pequenas alterações de pormenor) e a Pendine Sand Racer que encantou a larga maioria dos visitantes do salão.

A Pendine Racer, vai buscar o seu nome às longas praias douradas de Pendine, no País de Gales, onde era realizado o Welsh TT e onde eram batidos os recordes de velocidade a partir de 1924. George Brough era um apaixonado do local e baptizou as suas motos de corrida com o nome de Pendine. Numa clara inspiração no passado da marca, a nova Pendine Sand Racer é uma scrambler com uma posição de condução elevada, novo braço oscilante, jante de 19 polegadas à frente e 17 atrás, escapes elevados e duas versões, a Sport e a Desert. As novas motos estarão disponíveis a partir de Setembro de 2018, para todos os apaixonados que estejam dispostos a pagar cerca de 60.000€ por uma. Por curiosidade, a SS100 MK2 Euro4, custa um pouco mais, 63.395€, isto com uma taxa de IVA a 20% para referência.

A Brough Superior reentra no mercado numa altura em que o revivalismo está em alta e em que as motos também são objecto de criações exclusivas e caras, a marca pode conquistar o seu nicho de mercado. Muitas acabarão em colecções particulares com pouco mais de dezenas de quilómetros rodados, mas se houver por aí um novo Lawrence da Arábia, certamente que a marca irá celebrar o seu centenário em 2019, com novos modelos e muito glamour a circular por essas estradas fora.